Fraudes também podem atingir as empresas. Saiba como se prevenir!

Atualizado em 01/04/2019 às 13:48

Como empresários podem descobrir se algum estelionatário está utilizando o CNPJ da sua empresa para realizar compras fraudulentas?

Em tempos de instabilidade econômica, com juros elevados, crédito escasso e uma taxa de desemprego ainda alta, a prevenção contra fraudes deve ser redobrada e não apenas pelos consumidores, mas também por parte das empresas, independentemente do seu porte ou segmento de atuação.

Para as pessoas físicas, os crimes decorrentes de fraudes são conhecidos e podem acontecer quando documentos são roubados, perdidos ou capturados de forma maliciosa em sites na internet. Veja aqui o que fazer se isso acontecer com você!

No caso das empresas, a situação é a mesma – a diferença é que, em vez de utilizar o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) para realizar transações financeiras indevidas, é o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) que acaba sendo fraudado.

Diariamente, inúmeras empresas em todo o país são vítimas de fraudadores que utilizam o CNPJ para diversas transações, com o intuito de tirar proveito do nome da organização, podendo gerar protestos, bloqueios, cancelamento de notas fiscais, perda de clientes e fornecedores.

Entre os principais casos de fraude com o CNPJ, destacam-se:

>> Fraudes utilizando CNPJ de empresas idôneas para acobertar operações ilegais;

>> Emissão de CNPJ válido, com o objetivo de obter crédito em bancos e administradoras de crédito;

>> Antecipação de recebíveis;

>> Compras.

“Nenhum indivíduo ou empresa está livre de sofrer fraudes, uma vez que a captura dos dados pode ocorrer com a perda dos documentos ou na internet, pelos hackers, mas a tendência é que empresas tenham prejuízos e consequências maiores, devido ao valor envolvido nas transações e ao relacionamento com diversos clientes e fornecedores”, explica Ronaldo Guimarães, gerente de Negócios do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Leia também: Como minimizar as perdas, fraudes e aumentar os lucros do seu negócio

SPC Avisa protege as empresas contra golpes

Com o intuito de auxiliar consumidores e, principalmente, empresas nesse trabalho de prevenção contra fraudes, a CDL de Fortaleza, em parceria com o SPC Brasil, disponibiliza o SPC Avisa.

Esta solução monitora o CPF e CNPJ, alertando clientes e empresários sobre negativação, alterações e consultas realizadas em ambos os documentos, anotações no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF), protestos, entre outras informações importantes.

Com o SPC Avisa, o consumidor e o empresário recebem alertas diários, via e-mail ou mensagem pelo celular, sempre que o CPF/CNPJ for consultado, por exemplo, em vendas a prazo ou a crédito, abertura de empresa, além da inclusão ou exclusão em cadastros de inadimplentes.

Não sendo reconhecida a transação, o dono do CPF ou CNPJ pode tomar as providências cabíveis antes que a fraude confirme-se.

Outra vantagem do SPC Avisa é que, com o alerta, o risco de fraudes é reduzido, pois os fornecedores e demais parceiros comerciais da empresa são informados do problema pelo próprio titular do CNPJ, evitando os problemas decorrentes de ter seus dados utilizados por golpistas nas compras a prazo, quando são realizadas consultas ao banco de dados do SPC Brasil para a concessão de crédito.

Se você é empresário e quer adquirir o SPC Avisa para proteger o seu negócio, CLIQUE AQUI. Agora, se você é consumidor e quer ficar monitorando quem consulta seu CPF, ACESSE ESTE LINK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *