5 tendências de negócios para você começar a empreender

Encontrar oportunidades para empreender em cenários duvidosos e com diversas dificuldades podem assustar empreendedores.

É muito importante encontrar soluções e tendências de negócios que precisam de inovações e que possuam consumidores interessados.

Para empreender, é necessário estudar esses cenários para superar incertezas e tomar decisões complexas.

Toda crise tem as suas oportunidades, basta olhar ao redor e perceber que o mercado precisa de novos empreendimentos.

Durante a pandemia do coronavírus, só em 2020 foram abertas 782 mil empresas, segundo dados do Ministério da Economia.

É importante ressaltar que se você começar a empreender agora, terá um papel fundamental na retomada da economia.

Para ajudar você a tirar a sua ideia do papel, a CDL de Fortaleza separou 5 tendências de negócios para começar a empreender.

 

  1. Loja de roupas (vestuário)

Se você gosta de moda ou enxerga na área uma possibilidade de ganhar dinheiro, é um ótimo caminho para começar a empreender.

Quando expandimos para o negócio wearables (vestíveis) e não restringimos apenas às roupas, há ainda mais chances de ter sucesso.

As vendas com os vestíveis cresceram 265% no primeiro trimestre de 2020 e chegaram à marca de R$ 438 milhões com faturamento.

Só com smartwatches e fitbands (relógios e pulseiras conectados) foram vendidos mais de 318 mil produtos no Brasil.

O crescimento do mercado de roupas e vestíveis vem crescendo devido à geração Z (quem nasceu entre 1992 e 2010).

Cada vez mais antenados com a moda e tecnologia, a geração Z vem ganhando autonomia e a busca por essas áreas só cresce.

Empreender para essa geração, com certeza, é um bom começo para o seu novo negócio.

 

  1. Delivery de comida

Você, com certeza, já deve ter pedido comida em casa muitas vezes, principalmente devido aos períodos de isolamento social.

Os gastos dos consumidores com delivery de comida cresceram 103% no primeiro semestre de 2020.

Empreender na área de alimentos está cada vez mais acessível, devido a grandes empresas que fazem o intermédio das entregas.

Mesmo que você não opte por uma dessas empresas, como Ifood, Rappi ou Uber Eats, ter o próprio delivery ainda é muito lucrativo.

Novos empreendedores estão apostando em refeições individuais, como marmitas para almoço.

Karyna Muniz, consultora do Sebrae-SP, diz que o fornecimento de marmitas pode ter margens de lucro acima de 20%.

Trouxemos apenas um exemplo de sucesso, mas é certeza que o aumento do setor alimentício e de delivery cresceu muito com a crise.

 

  1. Infoprodutos

Um infoproduto é algo não tangível, como uma informação digital que pode ser vendida por download na internet.

Com o crescimento do home office e aulas online, empreender em infoprodutos ganhou muito destaque durante a pandemia.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) destaca a importância do vídeo como a nova comunicação do pós-pandemia.

Se você tem algum conhecimento que possa ser compartilhado, aposte nos infoprodutos para empreender.

É possível criar vídeos, e-books e áudios exclusivos, que desperte no consumidor a necessidade e a curiosidade de aprender.

Para aumentar a procura pelo seu infoproduto, ofereça pelo menos um material gratuito, que com certeza chamará a atenção do público.

 

  1. Mercado pet

A Forbes divulgou que o Brasil se tornou o segundo maior mercado de produtos pets do mundo no ano de 2020.

O gasto do consumidor brasileiro com os pets aumentou quase 10% durante a pandemia.

Um dos motivos desse aumento das compras foi para dar mais conforto e entretenimento para os pets durante o período de isolamento.

Para empreender, o mercado pet é um bom caminho, pois  47,9% dos lares do País têm pelo menos um cachorro ou gato.

Não estamos falando apenas de pet shops, mas também de revenda de produtos, clínicas veterinárias, adestradores etc.

Há, também, como empreender no mercado de luxo no mundo pet, como spas e festas personalizadas para os bichinhos.

 

  1. Clube de assinatura

No Brasil, o clube de assinatura teve um crescimento de 12% no ano de 2020, um grande avanço em um cenário de crise.

Dentre os clubes de assinaturas mais procurados, estão o de livros, bebidas, entretenimento, alimentos, cuidados pessoais e pets.

A vantagem de um clube de assinatura está, justamente, na recorrência do pagamento.

Se o cliente gostar do serviço, ele continuará assinando por mais meses, garantindo lucro por mais tempo.

 

Encontre a sua tendência

A CDL de Fortaleza listou 5 tendências para você começar a empreender em 2021.

Mas não se engane, há uma lista imensa de outras tendências para se ganhar dinheiro no seu primeiro empreendimento.

O importante é estudar algo que você goste de fazer e, claro, que dê um bom retorno financeiro.

Além de uma tendência, o grande diferencial é perceber uma necessidade do mercado. Isso fará o seu empreendimento ganhar destaque.

 

Veja mais artigos em nosso blog:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *