Mudar cenários com ações concretas

Confira o artigo do presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, publicada no último dia 18 de maio no jornal O POVO.

Conta-se que um reino enfrentava grandes dificuldades, tal o espírito de rebeldia em certas famílias, levando a província ao desespero.

O dever de administrar com inteireza de propósitos leva o rei a convocar um hábil juiz, depois um doutrinador famoso, um sacerdote, um médico e um general célebre.

Nenhum, a seu modo, consegue operar a mínima alteração e a perturbação prossegue. Quando a morte começava a ceifar vidas, o imperante, triste, convida um sábio a ocupar-se do posto.

Dirigindo-se em pessoa à região conflagrada, observa as necessidades e, com ações concretas a bem de todos, improvisa escolas, incentiva o serviço e a educação, luta com valioso espírito de entendimento e fraternidade, eliminando a desconfiança, a dureza e a indecisão dos espíritos inconformados. Somem as discórdias, reina a paz.

Guardemos o ensinamento. O bem que possa o governante é e sempre será a fórmula consagrada do bom êxito. Muitas são as dificuldades; milhões de vidas, milhões de necessidades e desejos.

Se o cerne da questão repousa na firme e sincera decisão de acertar (no trabalho conjunto governo/pessoas), a colheita dos melhores frutos está assegurada.

No combate aos efeitos da violência que assola o País, na última quarta-feira, foi aprovado o projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública, visando a disciplinar a organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pelo setor, de maneira a garantir a eficiência de suas atividades.

Será coordenado e gerido pelo Ministério Extraordinário de Segurança Pública e abrangerá os três entes da federação.

A esse respeito, recebemos na CDL de Fortaleza representantes do Município e do Estado para expor sobre a questão; fizeram relato da situação atual e do porvir, na perspectiva de dias melhores.

É a articulação de políticas públicas para a redução de fatores predisponentes e desencadeantes da violência, com investimentos em tecnologia e inteligência.

Com o apoio de programas continuados e sérios de saúde e educação de qualidade, que existem, chegaremos a bom termo. Desconfiança e dureza combatem-se com boa vontade e trabalho.

Assis Cavalcanteassisvisao@secrel.com.br (Lojista e presidente da CDL de Fortaleza)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *