4 maneiras de crescer como empreendedor

De que se alimenta o empreendedor? O que ele lê? Quais lugares ele frequenta?

É certeza absoluta que perguntas como essas passaram na cabeça de quem pensa em abrir um negócio ou já tem ume quer alavancar o que tem.

A questão é que se criou uma ideia um tanto distante do empreendedor, como se fosse sempre o jovem que trabalha com tecnologia e está sempre mergulhado nas mais novas tendências da internet.

Mas e a Dona Maria, que vende bolo que é sucesso em seu bairro? E o Seu Gomes, que tem a oficina mais procurada da área dele?

Empreender é mais do que ler livros sobre autogestão e um punhado de frases feitas em um mural, mas acreditar que o seu produto resolve com excelência o problema de alguém.

No Brasil, o empreendedorismo move a roda da economia e os pequenos negócios são responsáveis por boa parte dos empregos ofertados, com uma média de 13,5 milhões de empregos.

Só para se ter uma ideia, os micro e pequenos negócios já representam 30% do Produto Interno Bruto do país. E são lojas como a de bolo da Dona Maria e a oficina do Seu Gomes as responsáveis por esse resultado.

O alcance desse tipo de empresa é predominantemente nos bairros em que são criados, mas isso não quer dizer que não possa crescer e atingir outros públicos.

Por isso trouxemos 4 maneiras de crescer como empreendedor e fazer com que o seu negócio evolua.

O MEI e as PMEs

2020 não está sendo um ano fácil. O mundo por inteiro foi atingido por uma onda que causou inúmeros prejuízos em todos os setores do comércio.

Milhares de empresas fecharam as portas, pessoas perderam o emprego ou testemunharam sua renda cair pela metade, criando uma retração econômica pouco vista.

As pessoas que sofreram com o desemprego durante essa pandemia, tiveram que se reinventar, encontrar o seu lugar e fazer acontecer.

Famílias inteiras tiveram que refazer os hábitos para poder gerar renda e vencer esse período difícil até que as coisas melhorem.

São pessoas que perderam o cargo em grandes empresas e passaram a atuar de forma autônoma, abrindo um MEI, por exemplo.

1 – Aprenda tudo sobre o seu produto

Parece bastante óbvio, mas nem sempre é praticado. Quando se tem um negócio, o conhecimento sobre o seu produto precisa ser dominado.

Além de saber tudo sobre ele, conhecer as falhas, pontos fortes e tudo o que ele possa oferecer para o seu cliente, direciona como o seu negócio pode e deverá se comportar.

É importante saber como melhorar processos, minimizar falhas e otimizar o próprio produto, além de identificar concorrentes e deixar o negócio mais competitivo.

2 – Escolha os melhores parceiros

Começar um negócio não é nada fácil. Ter a ideia, desenvolver o produto, conseguir investimento, contratar pessoas…

São muitas variáveis que precisam ser resolvidas, e encontrar as melhores parcerias pode ajudar bastante a definir o destino do seu negócio.

Desde a escolha do sócio (se houver um) aos fornecedores, é preciso avaliar com rigor quem você traz para perto do seu negócio.

Micros e pequenos negócios tendem a formalizar parcerias com pessoas próximas, como amigos e familiares, o que nem sempre é uma boa ideia. Por isso, o ideal é que o empreendedor busque parcerias que beneficiem o seu negócio.

Quem trabalha como comércio de varejo e serviços, por exemplo, pode contar com um dos melhores parceiros, a CDL de Fortaleza.

Além de ser a representação da categoria, um parceiro CDL de Fortaleza tem acesso a inúmeros produtos SPC que ajudam o negócio no seu dia a dia, desde onde e como achar clientes, ferramentas financeiras, de segurança digital e cobrança de clientes inadimplentes.

Fora todos os benefícios, como plano de saúde, desconto na compra de automóveis, planos de telefonia com melhor custo/benefício e muito mais.

Se essa parceria te interessa, basta clicar AQUI e conversar com um de nossos consultores para encontrar a melhor solução para a sua empresa, seja ela micro, pequena ou grande.

3 – Aprenda com quem já chegou lá

Uma das melhores formas de melhorar como empreendedor, é aprender com quem já passou pelo que você está passando agora.

Tem problemas em encontrar mão de obra qualificada? Alguém já teve esse problema e encontrou uma solução.

Não tenha medo de concorrência. Converse, busque e entenda como outros empreendedores podem te ajudar a resolver um problema que você está tendo agora.

Muitas vezes, a  solução é bastante simples, mas você não consegue ver.

Leia livros de autores que tenham conteúdo relevante e fuja dos livros que são apenas recheados de frases feitas.

Se sua empresa faz parte de alguma associação, por exemplo, existem profissionais que podem ajudar a guiar o caminho do empreendedorismo de forma mais fácil.

4 – Cerque-se de pessoas que façam você crescer

Muito se fala sobre o círculo de pessoas com o qual você mais convive e como isso influencia suas tomadas de decisão, por exemplo.

Quer dizer que é preciso abandonar os amigos? Não. Porém, estar mais perto de pessoas que sentem as mesmas necessidades que você, facilita na hora de encontrar soluções para problemas.

O que acontece é que nós respondemos de acordo com o meio em que vivemos, causando e sendo influenciados pelas pessoas que nos cercam.

Portanto, tente conviver com outros empreendedores, donos de negócios e empresários, seja do seu bairro, das associações ou de entidades de classe. Dessa forma, você amplia o seu grau de influência e se deixa influenciar para melhorar ainda mais seu caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *