Saiba como utilizar a Régua de Cobrança para reduzir a inadimplência

A régua de cobrança é uma ferramenta muito utilizada dentro das empresas para cobrar clientes de forma sistemática.

Ao utilizar esse recurso, muitos empresários conseguem reduzir a taxa de inadimplência dos seus negócios.

Além disso, utilizar a régua de cobrança da maneira correta é fundamental para aumentar a retenção de clientes.

Em tempos de incertezas econômicas, qualquer dívida é preocupante para os negócios.

Por isso, vamos ensinar você, empresário e empreendedor, como utilizar a régua de cobrança para reduzir a inadimplência.

Como funciona a Régua de Cobrança na prática?

Em síntese, a régua de cobrança se trata de uma comunicação clara e objetiva com os clientes.

Para manter o fluxo de caixa de uma empresa sempre saudável, é necessário ter uma comunicação de cobrança eficiente.

Cobrar clientes não é uma tarefa fácil, por isso a régua de cobrança tem todo um processo para que o cliente não fique inadimplente.

Esse recurso utiliza a recorrência para que a comunicação não se perca com o passar dos dias.

Em suma, utiliza um sistema de notificações sobre as faturas pendentes, as que estão para vencer e as vencidas.

Dessa forma, o cliente sempre está ciente da sua situação financeira em relação à empresa.

Não existe um melhor canal de comunicação, e isso só se descobre perguntando ao cliente.

Mas você pode utilizar vários meios, como WhatsApp, e-mail, ligação, SMS etc.

Esteja sempre atento às datas

Quando falamos de régua de cobrança, as datas integram os fatores principais para a taxa de sucesso desse recurso.

A régua de cobrança tem esse nome justamente porque ela acompanha uma linha do tempo (timeline) de ações.

Tudo é pensado. Desde a geração de uma cobrança ou fatura até o pagamento ou cancelamento de um serviço.

A régua de cobrança funciona com data inicial, data final e comunicações entre esses dois períodos.

Por exemplo, em casos de lembretes de pagamento, envio de faturas e comunicação de inadimplências.

Réguas de Cobrança para diferentes tipos de pagamento

  1. Boleto

O boleto bancário é a forma mais popular de pagamento no Brasil. Porém, fazer uma cobrança por esse modelo é sempre um desafio.

Isso porque não se sabe se o cliente efetuou o pagamento, a não ser perguntando para ele. Além do dinheiro só cair no próximo dia útil.

Dica: emitir o boleto de 20 a 10 dias antes do vencimento aumenta as chances de pagamento, além de enviar lembretes.

  1. Cartão de crédito

O cartão de crédito é considerado uma das melhores maneiras de pagamento dentro de uma régua de cobrança.

A ação não depende, manualmente, do cliente inadimplente. E o cartão de crédito permite uma nova tentativa de cobrança automática.

São dois fatores que aumentam bastante a conversão de pagamento.

Dica: notificar em tempo real as cobranças não efetuadas aumenta as chances de pagamento.

  1. Débito em conta

Apesar de ser pouco utilizado nas réguas de cobrança, ainda assim é possível contar com essa modalidade.

Para que funcione de maneira eficaz, é importante cadastrar mais de uma conta corrente do cliente.

Isso irá permitir novos envios de tentativas em bancos diferentes. É uma garantia a mais de que você irá receber o pagamento.

Dica: colocar o débito em conta como primeira forma, seguido do cartão de crédito e boletos bancários aumenta as chances de pagamento.

Como uma comunicação eficaz ajuda na redução da inadimplência?

A forma como você vai se comunicar com os clientes é muito importante dentro da régua de cobrança.

Afinal, para muitas pessoas, lembretes de cobrança podem ser considerados chatos.

Uma comunicação mais humana e objetiva é imprescindível para não aborrecer os clientes.

Para que a comunicação de cobrança seja mais natural, é interessante se comunicar com o seu cliente para outros assuntos, não apenas para cobrar.

Ou seja, a comunicação funciona melhor se existir uma relação amigável com os consumidores antes mesmo da cobrança.

Uma cobrança eficaz diminui as chances de esquecimento, e o cliente consegue acompanhar as datas de vencimentos das faturas e os status dos pagamentos.

Podemos concluir, então, que a régua de cobrança reduz a inadimplência e aumenta o faturamento do seu negócio.

Veja mais artigos em nosso blog:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *