Seu CNPJ está seguro? Veja 5 casos em que ele pode estar em risco

Você já parou para pensar que o seu CNPJ pode estar em risco toda vez que você emite uma nota? Ou toda vez que você envia dados para terceiros?

O número disposto no documento é essencial para uma empresa e com uma rápida pesquisa, qualquer pessoa pode ter acesso aos números que compõem o CNPJ da seu negócio.

Assim como tomamos cuidado com nossos documentos pessoais, os documentos da empresa devem ter o mesmo cuidado ou até mais.

Muitos golpes são aplicados com apenas algum punhado de informações e o empresário precisa estar preparado para estar blindado contra essas ações.

Pensando nisso, veja 5 situações em que o seu CNPJ pode estar em risco:

1 – As empresas brasileiras correm risco todos os dias

74% das empresas brasileiras já sofreram algum tipo de fraude em relação ao seu CNPJ.

Muitas pessoas se enganam acreditando que golpes contra o CNPJ não vão acontecer por pensar que estão sempre atentos ou que não são alvos.

O que acontece é que a maioria das fraudes ocorre de forma discreta e quase imperceptível, que no dia a dia da empresa, pode passar desapercebido.

Só para se ter ideia, em média, a cada 17 segundos, uma empresa é aberta com documentos falsificados ou extraviados.

A maioria das fraudes se dá na compra de celulares a carros. E as empresas que têm incentivos fiscais são bastante visadas por conta desse benefício.

2 – Emissão de notas fiscais

Uma empresa depende totalmente do controle que se tem do que entra e do que sai. Seja de mercadorias, pagamentos de terceiros, contratação e demissão de colaboradores e outras características.

Mas, já imaginou se apenas emitindo uma nota fiscal você poderia correr o risco de ter o CNPJ da sua empresa usado de forma maliciosa?

Ninguém gosta de ficar imaginando esse cenário, mas muitas vezes, só é descoberto quando a empresa fica impedida de realizar alguma coisa como solicitar crédito.

Então, uma simples nota fiscal pode colocar todo o negócio em risco. Mantê-las bem organizadas, armazenadas e com uma equipe de confiança, você reduz bastante as chances de ter o seu CNPJ em risco.

3 – Sites e formulários falsos

Infelizmente, grande porcentagem das fraudes acontecem no ambiente online. E só acontecem por falta de conhecimento das pessoas.

Existem pessoas com más intenções que falsificam sites, formulários e oferecem produtos com facilidades irreais para pessoas jurídicas.

Às vezes, uma linha de crédito bastante sedutora ou aquele automóvel com descontos incríveis para pessoa jurídica pode ser isca para coletar os seus dados de maneira ilegal.

Por falta de conhecimento na hora de distinguir um site verdadeiro de um que foi clonado, muitos acabam colocando todos os dados pessoais necessários para que outra pessoa se passe por você.

4 – Roubo de documentos pessoais

Pode não parecer à primeira vista. Mas, ter a sua carteira roubada com documentos pessoais como RG, CPF e outros documentos, pode facilitar com que bandidos efetuem ações que prejudiquem a sua empresa.

Para quem é empresário, além dos cuidados que se deve ter com os próprios documentos, é preciso ter também atenção extra com documentos pessoais de todos os sócios da empresa e até de algumas pessoas que ocupam cargos importantes.

5 – Pesquise sobre seus fornecedores

Nenhuma empresa é suficiente sozinha e precisa de parceiros que possam depositar uma confiança na hora de realizar transações.

O que acontece nessa situação é que, na busca do melhor preço, alguns empresários escolhem um fornecedor pouco confiável e que não tenha um controle muito bom sobre seus próprios documentos e deixem seus dados em risco.

Portanto, antes de fechar um contrato, verifique as credenciais do seu parceiro comercial e veja se algo chama a sua atenção.

Comprar produtos de fornecedores mais baratos apenas pelo valor, pode sair mais caro do que você imagina.

Então, como posso manter o meu CNPJ protegido de fraudes?

A CDL de Fortaleza conta com o SPC Brasil, o maior banco de dados da América Latina, para fornecer serviços que auxiliem o empresário em todas as áreas que ele precise.

Com o SPC Monitora, o seu CNPJ fica em monitoramento 24 horas por dia e você é avisado sobre qualquer movimentação suspeita, além de enviar um relatório com todas as buscas que foram realizadas com o seu número de CNPJ.

Dessa forma, fica mais fácil manter toda a sua operação sob controle e evitar o risco de fraudes.

Gostou do artigo? Compartilha com alguém que precise ter mais cuidados com os dados da empresa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *