Fortaleza a pé será aprimorado para estimular turismo

Projetos da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor) foram apresentados, ontem (20/08), em reunião de diretoria da CDL de Fortaleza. Fortalecimento do turismo deve ajudar a incrementar comércio.

No intuito de levar mais turistas a frequentarem o Centro da Cidade, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Turismo (Setfor), se planeja para aprimorar o “Fortaleza a Pé”, projeto com mais de 20 anos de existência, desenvolvido pelo educador e turismólogo Gerson Linhares.

“Esse produto (o projeto) já existe, só precisa ser melhor embalado. Estamos trabalhando para torná-lo melhor”, afirma o titular da Setfor, Régis Medeiros.

O secretário participou, ontem (20), de uma reunião de diretoria da CDL de Fortaleza, onde apresentou projetos que vêm sendo executados pela Setfor, focados no fortalecimento do turismo na Cidade e, consequentemente, em dar novo impulso ao comércio local.

“O ‘Fortaleza a Pé’ são caminhadas culturais que conectam o turista com o Centro de Fortaleza, em roteiros de praças, igrejas e museus, que são equipamentos que já existem. Queremos que o turista se sinta convidado a conhecer (a região) de maneira mais profunda”.

Um dos principais aliados no aprimoramento do projeto, segundo Medeiros, é o início da operação do ônibus turístico com dois andares na modalidade Hop On Hop Off (entre e saia) em Fortaleza, operado pela Filuca Turismo e Transporte. Sem esquecer da divulgação nas recepções do hotéis.

“Os ônibus double decker que vão fazer o percurso, a partir do fim de setembro, passam pelo Centro de Fortaleza. Então, estamos estudando a possibilidade dele parar na Praça do Ferreira e de lá conectar com um passeio a pé. Ainda tem que ver a questão da altura (dos ônibus); precisamos trabalhar melhor isso”.

Leia também: Projeto Novo Centro: bairro terá ‘terminal aberto’ e faixas exclusivas para ônibus

Percurso

Para realizar o percurso, conforme edital, serão necessários no mínimo dois veículos modelo Viale Double Decker Sunny, com dois andares e equipados com ar-condicionado no nível inferior, além de capota retrátil no nível superior.

Os veículos devem possuir capacidade para 67 passageiros (11 embaixo e 55 em cima) e sistema de som com tradução simultânea em sete idiomas. “Esses ônibus vão dar uma ajuda forte (ao projeto)”, projeta ainda o secretário, destacando que a Filuca vai trazer três ônibus de Salvador.

Mais pujança

Para o presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, o projeto “Fortaleza a Pé” é importante para o turismo da Cidade e tem tudo para tornar o Centro mais economicamente pujante.

“O turismo em Fortaleza começa a tomar novos rumos e é isso também que o mercado varejista precisa, principalmente no Centro. Ter cada vez mais pessoas circulando lá, vai colaborar para tornar o Centro mais participativo (na economia) porque esse turista que vem, seja nacional ou estrangeiro, gera renda e deixa recursos quando vai a uma lanchonete, pousada, restaurante ou hotel”.

Ainda de acordo com Régis Medeiros, não há nenhum orçamento de investimento por parte da Prefeitura no projeto, apenas folhetos que irão publicizá-lo. “É mais uma articulação da Prefeitura do que um investimento. E já vamos começar com esse link com a chegada dos ônibus, que serão grande impulsionadores”.

Roda-gigante

Quanto ao projeto da roda-gigante na Praia de Iracema, cujo projeto vem sendo desenvolvido pela Amuse-BR, o titular da Secretaria de Turismo de Fortaleza informa que o documento já foi entregue, foi alvo de questionamentos por parte dos órgãos competentes da Prefeitura, mas que “está rodando dentro do prazo” estabelecido a priori.

“Os questionamentos foram feitos, enviados para o pessoal do projeto (Amuse-BR) e eles estão dando as devidas respostas e esclarecimentos. Mas ainda estão dentro do prazo”, garante.

Logo após a conclusão definitiva do projeto, será aberta a licitação para a execução do projeto. Entretanto, ainda não há nenhuma data prevista.

“Acredito que ainda esse ano termine essa fase de projeto, mas o PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) está atrasado, ainda em andamento. Vamos ter uma reunião essa semana para definirmos”, diz o secretário.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe seu comentário

  1. alexandro 8 de setembro de 2018 at 04:10

    muito bom esse site gostei bastante.Parabéns pelo conteúdo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *