AMC implanta mil novas vagas de Zona Azul no Centro de Fortaleza

Em reunião de diretoria da CDL de Fortaleza, realizada na tarde desta segunda-feira (25/06), o superintendente da AMC, Arcelino Lima, anunciou a implantação de mil novas vagas de Zona Azul no Centro da Capital. Agora, são 1.700 vagas no total.

Como parte do projeto de modernização do estacionamento rotativo adotado em Fortaleza, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) concluiu a implantação de mil novas vagas de Zona Azul no Centro.

As existentes também tiveram a sinalização renovada, totalizando 1.700 vagas na área central que objetivam garantir maior rotatividade nos espaços públicos.

Os motoristas que costumam trafegar pelo bairro devem atentar à sinalização, observando os horários de operação da Zona Azul e os tempos de permanência.

Por se tratar de uma área predominantemente comercial e com alta demanda por estacionamento, o tempo de permanência é de uma ou duas horas, conforme especificando na placa, podendo ser prorrogado por igual período.

As faixas de horário adotadas no Centro são nos dias úteis, de 7 às 19 horas e aos sábados, de 7 às 14 horas. Em vias mais movimentadas pode se estender aos domingos.

“Esse disciplinamento foi realizado a partir de um estudo técnico que analisou a ocupação e uso do solo, levando em consideração as necessidades dos usuários que frequentam algumas regiões da cidade com características específicas. Entre os benefícios, está o aumento da oferta de vagas exclusivas para idosos e pessoas com deficiência e para a operação de carga e descarga”, explica o superintendente do órgão, Arcelino Lima.

Arcelino Lima, superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), ao lado do presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante

Disciplinamento das vagas

Fortaleza dispõe, atualmente, de estacionamento rotativo nos bairros Centro, Aldeota, Meireles, Dionísio Torres e Montese.

Além de ampliar as vagas nestas localidades já contempladas, 19 novas áreas da cidade passarão a contar com estacionamento rotativo.

São elas: Benfica, Cidade dos Funcionários, Cocó, Edson Queiroz, Farias Brito, Fátima, Jóquei Clube, Messejana, Papicu, Parangaba, Parque Manibura, Parquelândia, Praia de Iracema, Praia do Futuro, Presidente Kennedy, Rodolfo Teófilo, São Gerardo, Sapiranga e Varjota. Ao final do processo serão 24 regiões da cidade com Zona Azul.

Leia também: Alvarás: Prefeitura fecha acordo com comerciantes

As normas de estacionamento rotativo estão sendo reformuladas e indicadas na sinalização vertical. O tempo de permanência nas vagas deverá ser de uma ou duas horas, podendo ser prorrogado por igual período. Ainda existe a possibilidade de esse tempo ser de 5 horas, dependendo da área, não havendo prorrogação neste caso.

A reformulação não contemplará apenas os motoristas do transporte individual. Os ciclistas
também serão beneficiados com a medida, visto que todo o recurso será revertido para a política de infraestrutura cicloviária do município prevendo a ampliação de ciclofaixas, ciclovias e do programa de bicicletas compartilhadas.

Além dos cartões usuais que devem valer por três meses, a novidade é que os condutores poderão usufruir do serviço por meio de aplicativos. Através de uma simples tela de celular será possível adquirir os créditos e controlar todos os processos e gastos com maior facilidade.

“A opção eletrônica é mais cômoda para os cidadãos porque possibilita um acesso seguro, evita fraudes e preços exorbitantes”, defende Arcelino Lima.

Quem não possui smartphone ou tenha dificuldades no acesso à internet terá a oportunidade de comprar o Cartão Azul Digital (CAD) nos Pontos de Venda Credenciados (PDV) devidamente padronizados que estarão conectados à rede.

O agente de trânsito, por sua vez, vai dispor de um sistema que informará se o veículo pagou pela hora de estacionamento na sua vaga.

Outros benefícios

Com a modernização, haverá câmeras de vigilância nas vagas rotativas para auxiliar a segurança pública. As imagens serão integradas à Guarda Municipal e ao Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), no intuito de combater a criminalidade, servindo como suporte para inibir comportamentos inadequados como furtos e assaltos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *