Tag

ataques no Ceará

centro-de-fortaleza

Lojas do Centro amargam queda nas vendas com onda de violência

Apesar das portas abertas, lojistas e vendedores relataram apreensão na tarde de ontem (8) e estavam preparados para baixar as portas a qualquer momento. Em nota, o presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, reconhece que "estes últimos dias não têm sido fáceis para o comércio de Fortaleza". "No nosso entendimento, essa situação é momentânea", diz. Saiba mais!