CDL de Fortaleza projeta alta de 7% em vendas na Capital

Com o lançamento da 9ª edição da Fortaleza Liquida, ontem, a CDL de Fortaleza reforça a consolidação da campanha no segundo semestre, aquecendo o início do B-R-O-bró (período compreendido entre os meses de setembro a dezembro) na Capital.

Para este ano, a entidade prevê uma alta de 7% sobre a movimentação de 2017 (R$ 260 milhões) nas vendas com a campanha – que acontece até o próximo dia 9 – com descontos que vão de 10% a 70% nas mais de 4,5 mil lojas participantes.

O presidente da entidade, empresário Assis Cavalcante, afirma que a campanha cada vez se consolida na Capital, devido ao maior número de lojas participantes.

“Neste ano estamos com mais lojas credenciadas, com 4.500 lojas (em 2017, foram 3,2 mil). Os melhores shoppings de aderiram à campanha, inclusive alguns do Centro de Fortaleza”, destaca.

Aos consumidores, seguindo a tradição, a Fortaleza Liquida vai oportunizar uma grande oferta de produtos com preços baixos e grandes premiações, como o sorteio de um automóvel Toyota Yaris, uma motocicleta Harley-Davidson e cinco televisores de 49 polegadas.

Para os lojistas participantes, “o Governo do Estado os contemplou com o parcelamento do ICMS, em até três pagamentos – e isso é muito bom, porque dá um alívio no caixa do empresário”, acrescentou Cavalcante.

Novidades

Entre as novidades, para os consumidores, além do site da promoção (fortalezaliquida.com.br) um aplicativo (appfortalezaliquida.com.br) irá facilitar a troca das notas ficais e cupons de compras, realizadas no período da campanha, por cupons sem a necessidade de se dirigir a um ponto de trocas.

“Nos shoppings funcionarão assim, mas teremos um posto de troca, no Centro”, adianta Assis Cavalcante. “Com o aplicativo, fica mais fácil e o consumidor já domina essas tecnologias, e essa foi uma grande sacada e fica mais viável, em caso de não poder ir presencialmente ao posto de troca”, enfatiza.

Para cada R$ 50,00 em compras, em qualquer meio de pagamento, o consumidor tem direito a participar, segundo o dirigente. “Mas, se ele passar (esse valor) no Mastercard, ele ganha dois cupons, e se passar o Mastercard na máquina da Rede, ele tem direito a três cupons, passando a competir com mais efetividade”, ressaltou.

O sorteio dos prêmios será no dia 14 de setembro, às 11 horas, na CDL.

Leia também: Fortaleza Liquida: temporada de descontos deve girar R$ 270 mi

“No dia anterior, vamos imprimir todos os cupons trocados através do aplicativo para o sorteio”, informou Cavalcante.

Segundo ele, o lojista também vai ser contemplado. No primeiro cupom sorteado com o cartão Mastercard passado na maquineta da Rede, o lojista vai ganhar uma viagem de cinco dias, com passagem e hospedagem para Lisboa, com direito a acompanhante.

E os vendedores também ganharão: nos três primeiros (cupons) sorteados, os vendedores que os atenderam, receberão R$ 1 mil em vales-prêmio para trocarem no Centro ou shoppings.

Campanha consolida-se no segundo semestre

Desde seu início, até o ano de 2016, a campanha Fortaleza Liquida era realizada sempre nos primeiros meses do ano, na tentativa de melhorar o movimento fraco característico do ano novo.

Contudo, com a experiência de mudar para o segundo semestre, os resultados foram melhores, na visão do presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante.

“Sempre fazíamos no primeiro semestre, entre abril e março. Mas os shoppings pediram para fazer uma experiência no segundo semestre, pois, talvez, teria uma resposta melhor. E, como fizemos (em 2017) pela primeira vez, realmente teve”, ressaltou o dirigente.

Ele apontou que, “considerando a tradição das pessoas, com os B-R-O-brós, então, isso seria uma alavancagem para o segundo semestre, considerando que, nesse período, onde estão as grandes datas, o mês de setembro ficava ali meio desprezado, com seus 30 dias e o feriado do dia 7 (Independência do Brasil), sem nenhuma data comemorativa”. “Então, temos esse gás em setembro, exatamente para ver se pega a embalagem e as vendas começa a ficar mais efervescentes, através do varejo. Então, a experiência foi boa, e se consagrou, no calendário, como a promoção do segundo semestre da CDL de Fortaleza”, reforçou Assis.

Do ponto de vista do lojista, outra estratégia foi destacada pelo dirigente. Entre as vantagens, para eles, estão, por exemplo, desfazer-se dos estoques que não conseguiram vender em datas anteriores – como Dia dos Namorados, Dia das Mães e Dia dos Pais.

“Então, chegou a hora de se desfazer dessa coleção para dar espaço nas prateleiras para novos produtos, ao mesmo tempo, também, girar o capital para as compras para o final do ano, em novembro e dezembro – que, consagradamente é o mês que mais vende – e o lojista deve estar preparado para isso”, finalizou Assis Cavalcante.

Fonte: O Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *